top of page
  • Foto do escritorHeloisa Rocha

Sereia Empoderada

Estudante de moda tem look selecionado para desfilar na Casa de Criadores.


Antes de se inscrever no concurso da collab Moda Inclusiva & Casa de Criadores, a estudante Jamile Fischer estava, junto com alguns colegas, elaborando adaptações para serem aplicadas em uma coleção de moda inclusiva. Para isso, ela entrevistou algumas pessoas com deficiência para entender a relação delas com a moda, desde as maiores dificuldades até o fato de não se sentirem incluídas e valorizadas no meio.


Foto de uma selfie do rosto de Jamile Fischer e, na imagem, ela sorri sem mostrar os dentes e veste uma blusa branca com mangas e brincos compridos compostos por pedrarias, sendo algumas delas em formato de flores e borboletas. A maquiagem de Jamile é composta por delineador de gatinho e gloss. Ela é uma mulher magra e de pele branca e possui olhos castanhos e cabelos pretos, longos, lisos e, na foto, um dos lados foi colocado atrás da orelha, evidenciando o brinco. O fundo da foto é um ambiente composto por uma parede bege e uma cortina branca e rosa.
Jamile Fischer (Arquivo Pessoal)

Por falar em estudos, o incentivo para participar da competição partiu de uma professora que viu no grupo de estudantes a oportunidade de adquirir experiência e de ter uma criação própria desfilando em um dos principais eventos de moda do país. Felizmente, um look de Jamile Fischer foi selecionado para a 53ª edição, marcada para acontecer no início de dezembro.


Para tal criação, a jovem estudante de moda se inspirou na sereia e, também, em seu habitat, ou seja, o fundo do mar. A personagem, segundo ela, é vista como uma figura feminina de empoderamento tanto por sua fortaleza quanto por causar pânico nos marinheiros. Aliás, as mulheres amputadas que utilizam prótese - tanto nos membros superiores quanto inferiores - e que, além do mais, são seguras de si e com personalidade forte foi o perfil trabalhado por Jamile Fischer em seu projeto.


O look consiste em um top com abertura frontal em botões, semelhante à uma espécie de bolero com mangas. Além disso, a manga da peça dispõe de uma canaleta para que a pessoa possa usar tanto no formato curto quanto comprido. Complementando, a parte inferior é composta por uma calça com fechamento lateral em zíper, facilitando, de acordo com a idealizadora, o ato de vestir e despir. O modelo também possui botões de pressão na altura do joelho, permitindo que o usuário o transforme em short.


Além dos botões de pressão e dos zíperes, Jamile Fischer vai usar pérolas em seu look. Os tecidos e as cores escolhidas para a confecção das peças foram: Crepe Amanda azul claro, musseline azul índigo e linha de crochê marrom.


Sobre o futuro, a jovem estudante afirma que ainda está aprendendo sobre o mercado, mas que sente uma profunda felicidade ao lembrar que a sua criação irá desfilar na Casa de Criadores. E, finalmente, complementa dizendo que espera feedbacks positivos e reafirmar a si mesma que está no caminho certo e que, também, tem capacidade para exercer um bom trabalho na área de criação.


Seria mentira se eu dissesse que não quero me destacar no mercado. O meu maior sonho é criar looks únicos e ser reconhecida por eles.


28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page