top of page
  • Foto do escritorHeloisa Rocha

Beleza & Inclusão

Conheça os pincéis acessíveis desenvolvidos pelo Grupo Boticário.



Imagem da coleção de pincéis acessíveis da Quem Disse Berenice, que é composta, num total, por sete pincéis de rosto e de olho sendo que a base deles é preta e quadrada, a parte que liga às cerdas é prateada e arredondada e as cerdas são brancas na base e coloridas na ponta. No caso, cada pincel é representado por uma cor distinta. O fundo da imagem é preto.
Divulgação/Grupo Boticário

O Grupo Boticário lançou recentemente uma linha de pincéis de maquiagem para pessoas cegas e com baixa visão. Comercializada pela marca Quem Disse, Berenice?, cada produto possui uma descrição em alto-relevo, permitindo que o usuário identifique a sua funcionalidade.


Outras características criadas para facilitar o manuseio dos pincéis durante o uso foram a aplicação de cabos estáveis com base quadrada, evitando o rolamento em superfícies planas, e cerdas que, além de macias, permitem as pessoas com baixa visão que os identifiquem por meio das cores.


Quanto à ideia dos pincéis acessíveis, o gerente Sr. de Diversidade, Equidade e Inclusão do Grupo Boticário, Rony Santos, explica que o destaque da agenda DE&I dentro do mundo corporativo tem se conectado cada vez de forma mais ampla à estratégia de negócios da companhia por meio de metas que buscam a valorização da diversidade através de diferentes frentes de ação, como a elaboração de produtos inclusivos e diversos. E, segundo ele, foi este cenário que inspirou o projeto que é de autoria da DSGN in House, agência interna do Grupo Boticário, e que foi testado por participantes da primeira comunidade online do setor da beleza composta exclusivamente por membros de grupos minorizados, a Beleza Livre.


Nós do Grupo Boticário somos profundamente comprometidos a impulsionar a diversidade e inclusão para dentro e fora dos muros. Por isso, dizemos que temos o propósito de criar oportunidades para a beleza transformar a vida das pessoas e, assim, o mundo ao nosso redor.

Inicialmente, a comercialização dos pincéis de maquiagem acessíveis tem sido feita pela Quem Disse, Berenice? por ter a causa feminina como uma de suas centralidades, procurando enaltecer sua independência e propiciando possibilidades para que, de acordo com seus desejos, ela decida sobre sua própria vida; e isso inclui conceder acessórios mais inclusivos e que garantam mais autonomia. Ademais, Rony Santos afirma que há planos de expandir esta iniciativa para outras marcas, uma vez que o Grupo Boticário tem trabalhado para tornar o seu portfólio cada vez mais diverso e inclusivo e traz, como exemplo, o fato de que, em 2022, 73% dos produtos desenvolvidos tiveram esse propósito.


DSG In House e Beleza Livre

Além da novidade, o blog Moda Em Rodas te conta, em detalhes, o trabalho desenvolvido tanto pelo DSN In House quanto pela Beleza Livre.


Usando uma camisa de mangas compridas de cor verde militar e com um bolso frontal em um dos lados, Rony está de pé, sorrindo sem mostrar os dentes e com os braços cruzados. Ele é um homem pardo de olhos castanhos e cabelos curtos, castanhos e cacheados e usa barba e bigode da mesma cor dos cabelos. O fundo é uma parede branca.
Rony Santos (Divulgação/Grupo Boticário)

O DSGN In House é o hub de criação interna do Grupo Boticário voltado para o processo de elaboração de novas embalagens e designs proprietários, altamente equipado com tecnologia futurista, incluindo cinco impressoras 3D de última geração. Com a atuação do Studio in House, a área estratégica de design do GB obteve resultados importantes, como redução de 60% em custo e 30% em tempo e, além do mais, o reconhecimento conquistado por meio de mais de 20 prêmios nacionais e internacionais em ecodesign e design únicos.


O gerente Sr. de Diversidade Equidade e Inclusão do Grupo Boticário, Rony Santos, conta que ter um estúdio de criação dentro da companhia os concede autonomia no desenvolvimento de produtos com características inovadoras perante o mercado da beleza.


Chamada de Beleza Livre, a comunidade é a primeira do país a oferecer protagonismo aos grupos minorizados para o co-desenvolvimento de produtos e soluções no setor da beleza. Ao todo, o Grupo Boticário já uniu mais de 2.000 pessoas de todas as regiões do Brasil, com diferentes identidades de gênero, orientações sexuais, tons de pele, idades e com e sem deficiências. Segundo Rony Santos, essa pluralidade de pensamentos e experiências tem trazido contribuições essenciais para vários projetos e produtos da companhia.





Posts recentes

Ver tudo

Opmerkingen


bottom of page